Psicanálise Clínica

O que é preciso para aplicar as técnicas de regressão de memória?

Acessar o que aconteceu no passado ajuda o paciente a ordenar aquelas angústias que se escondem no inconsciente e se manifestam no presente em alguns comportamentos, sem que ele perceba. Isso é possível por meio das técnicas de regressão de memória, aplicadas em tratamentos terapêuticos e psicanalíticos.

Trabalhando as angústias de forma adequada, as mudanças serão mais efetivas e as possibilidades de elas voltarem futuramente serão reduzidas. Além disso, ter um bom autoconhecimento é primordial para uma vida plena e o alcance da felicidade.

Continue acompanhando este post para aprender um pouco mais a respeito das técnicas de regressão de memória. Boa leitura!

O que são técnicas de regressão de memória?

São procedimentos que induzem o paciente a recuperar conteúdos armazenados no inconsciente. O profissional o conduz a voltar no tempo e reviver algumas experiências. Esse retorno no espaço e no tempo pode chegar até a vida intrauterina ou mesmo a vidas passadas.

A regressão de memória pode facilitar todo o processo de mudança. Isso porque, ao mesmo tempo em que promove um autoconhecimento ao paciente, ajuda o terapeuta a ir ao ponto certo do problema. Ambos entendendo o porquê de certas angústias ou certos comportamentos, o caminho para a melhoria fica mais transparente.

É importante esclarecer também que, durante o procedimento, o paciente continua sabendo o que está acontecendo e possui controle de seus comportamentos.

A quem se aplica e a quem não se aplica?

São muitos os pacientes que podem se beneficiar da regressão, especialmente aqueles que precisam:

  • trabalhar traumas;
  • reduzir a ansiedade;
  • acabar com a depressão e o sofrimento;
  • diminuir dores;
  • ter mais concentração e equilíbrio mental;
  • ressignificar momentos dolorosos;
  • ter respostas a perguntas que sempre angustiaram etc..

Não é indicado para aqueles que possuem mera curiosidade de algum fato passado, sem apresentar algum problema relacionado — até porque o objetivo principal é ajudar a pessoa a lidar com o seu mal-estar.

Existem também aqueles que apresentam resistência de entrar num estado alterado de consciência, dificultando a aplicação das técnicas de regressão de memória.

E por que relembrar fatos vai ajudar alguém?

Izquierdo diz que: “Não existe atividade nervosa que não inclua ou não seja afetada, de alguma forma, pelo aprendizado e pela memória. Aprendemos a caminhar, pensar, amar, imaginar, criar, fazer atos-motores, ou ideativos simples e complexos, e nossa vida depende de que nos lembremos de tudo isso”.

Portanto, mesmo as memórias esquecidas podem influenciar a forma de alguém agir no presente. Numa terapia normal, nem sempre o terapeuta consegue ter acesso ao inconsciente do paciente, pois essas informações ficam muito bem armazenadas e esquecidas, o que pode atrasar o processo ou, pelo menos, dificultá-lo.

Como você pode se aperfeiçoar?

Conhecer as técnicas de regressão com certeza será um diferencial no seu currículo, mas é importante que elas sejam passadas por um professor experiente, com sucesso comprovado. E nesse sentido, nós podemos ajudar você!

Fátima Mora é uma profissional com mais de 40 anos de experiência, psicanalista didata e criadora do termo Psicanálise Integrativa, que é a integração das teorias de diversos autores da psicanálise, inclusive novas técnicas de abordagem do inconsciente.

Ela também tem bastante experiência em técnicas de regressão de memória e é fundadora da Sociedade Brasileira de Psicanálise Integrativa (SBPI), instituto de grande reconhecimento nacional.

Venha fazer parte do nosso time, aprimorar o seu conhecimento e ter mais um certificado de excelência! O curso será online, no conforto da sua casa. Entre em contato conosco e se aperfeiçoe profissionalmente!

Conheça nossos cursos EAD

Sobre o autor

SBPI

Comentário